Contato: (11) 2713-8500 | arnaldo@aurolights.com.br

Coca-Cola VibeZone

 

 

Planejamento é tudo (por: Cláudia Cavallo) Com 26 mil ingressos esgotados em dez dias, o Coca-Cola Vibezone foi realizado nos dias 14 e 15 de maio, no Rio de Janeiro, com shows de rock, DJs, oficinas de vestuário e maquiagem, esportes radicais, entre outras diversões. Na área de 26 mil metros quadrados da Cidade do Rock, foram montadas seis Zonas - cada uma para um tipo de atração - criteriosamente elaboradas para acertar em cheio no que agrada à nova geração do século XXI, o "jovem contemporâneo permanentemente exposto a estímulos midiáticos, que tem fome de informação multifacetada e simultânea" - como os próprios organizadores conceituaram.

Para quem foi se divertir, poderíamos ficar horas aqui falando sobre tantos estímulos que o evento tinha a oferecer. No que diz respeito à produção, o que há de mais importante para se falar sobre o Vibezone é seu planejamento.
Trabalhar com métodos e organização vem sendo uma tendência dos eventos de maior projeção, ultimamente, principalmente porque são "encomendados" ou patrocinados, por empresas de grande porte, que funcionam rigorosamente de acordo
com modernas e acadêmicas regras de administração, metodologia, planejamento, estudo.
Soma-se a isso, uma equipe com elevada capacidade criativa, o resultado é a alegria do público e um ótimo retorno institucional para o patrocinador.
O Vibezone é um evento da Coca-Cola, com patrocínio do provedor de acesso a Internet iBest e a empresa de telefonia celular Oi. Para criar todo o conceito artístico e comportamental foi contratado o escritório Ana Couto Branding & Design.


 

A produção foi realizada pela Dream Factory. A cenografia é da P&G, de Abel Gomes, com projeto de iluminação de Valmor Neves (Bolinho) e suporte da Aurolights. A Zuluz, empresa de Valmor Neves (Bolinho), localizada no Rio de Janeiro, e a Aurolights, de Auro Soderi, sediada em São Paulo, são hoje empresas associadas, trabalhando como matriz (SP) e filial (RJ). Zona Elétrica: a iluminação surpreendeu e impressionou o público, por causa da estrutura metálica, suspensa por motores que possibilitavam seu movimento. O contorno das treliças foi feito com 24 calhas de luz negra Da primeira reunião de produção do Vibezone, efetivamente até a abertura dos portões foram cerca de cinco meses de trabalho...em equipe. Todos os envolvidos tiveram que participar de verdadeiras palestras nos escritórios da Coca-Cola, para entenderem e "encorporarem" o conceito e os objetivos do projeto - uma espécie de fase preparatória para garantir que todo o grupo esteja focado no mesmo ponto - o que torna o trabalho muito mais produtivo e eficiente.

A cenografia foi pensada de forma a enfatizar os atributos da marca, definidos como: refrescância, sabor, energia, efervescência / borbulhas, autenticidade, onda e cores amarelo, vermelho e branco. Estes elementos estavam em todo lugar, como ícones, referências visuais. Paralelamente, pensou-se em fazer o público atravessar a linha divisória entre as dimensões do mundo real e do "Mundo Coca-Cola Vibezone", passando através de 3 grandes telões de tiras de elástico (como grandes outdoors) com projeção de clipes de animações, além de imagens trazendo os atributos da marca. Zona Criativa: uma oficina de estilo para o público exercitar sua capacidade artística. Iluminação com refletores Fresnel, para favorecer o desempenho das atividades e filtros especiais para realçar maquiagens Zona Franca: refletores de vapor metálico e movings heads projetando gobos com mensagens do patrocinador A última tela deveria ser feita de vapor d'água, com incidência de fumaça e luzes, para que, ao passar, o jovem sentisse refrescância de entrar no Mundo da marca. E assim foi feita a entrada do evento, seguindo com rigor o que tinha sido projetado previamente e apresentado em imagem computadorizada. Ao longo das reuniões, as idéias iam sendo apresentadas pelas equipes da Ana Couto Branding & Design e da Dream Factory. A partir daí, o cenógrafo, lighting designer e outros profissionais que deveriam viabilizar tais idéias iam apresentando suas soluções e sugestões. Ao final, tudo ia se transformando em um projeto detalhado, devidamente registrado em arquivos. Isto significa que não se tratava apenas de dizer, "vamos colocar uma tela aqui e projetamos tal coisa...". Era preciso especificar: "tal ambiente será feito com uma elevação de piso a 40 cm, com regularização em chapeado e revestimento em piso preto antiderrapante com fendas para passagem de fumaça e iluminação e encaixe da base das telas de projeção - 10 x 20m...".

 

 

lista de casas

São Paulo

 

Rio de Janeiro

 

Belo Horizonte

 

Clientes

Contato

Aurolights equipamentos e produção

Endereço: Av. Presidente Wilson, 5080 - Vila Independencia, São Paulo - SP, 04220-001

E-mail: arnaldo@aurolights.com.br

Telefone: (11) 2713-8500


Social

Aurolights Equipamentos & Produção